Olhos no maior eclipse lunar do século

Segundo o diretor do OAL (Observatório Astronómico de Lisboa), Rui Agostinho, a Lua ganhou uma tonalidade vermelha em resultado da luz projetada no espaço pelo Sol.

O eclipse mais longo do século está a ser visto em muitas partes do mundo | Imagem: Nasa

O eclipse mais longo do século está a ser visto em muitas partes do mundo, inclusive em Portugal, ainda que as nuvens não tenham ajudado, em particular no concelho de Sintra, pelos menos por volta das 21h58.

Austrália, Antártida, Ásia, África, Médio Oriente, Europa, América do Sul, sul do Oceano Pacífico, Oceano Índico e Oceano Atlântico são os locais priviligiados para ver o eclipse lunar.

O fenómeno dura de cerca de uma hora e 45 minutos e, segundo o diretor do OAL (Observatório Astronómico de Lisboa), Rui Agostinho, a Lua ganhou uma tonalidade vermelha em resultado da luz projetada no espaço pelo Sol.