Governo inclui medidas negociadas com BE, PCP e PAN e atualiza cenário macroeconómico

Primeiro-Ministro, António Costa

O primeiro-ministro adiantou hoje que a proposta de Orçamento do Governo vai incluir logo as medidas que o executivo aceitou nas negociações de outubro com BE, PCP e PAN e uma atualização do cenário macroeconómico.

António Costa transmitiu estas posições em declarações aos jornalistas, em São Bento, depois de interrogado sobre o calendário para a nova discussão da proposta de Orçamento do Estado para 2022.

“Assim que estiver viabilizado o programa do Governo, o executivo estará em condições de aprovar a proposta de Orçamento do Estado para 2022. As indicações que o Ministério das Finanças tem é que tenha tudo preparado para que o próximo Governo possa imediatamente proceder à sua aprovação, com a atualização que o cenário macroeconómico permite”, afirmou.

O primeiro-ministro assinalou ainda que, na proposta inicial do Orçamento, já estará incluído “o conjunto de compromissos” que o Governo tinha assumido para alterações na especialidade após negociações com o Bloco de Esquerda, PCP, PEV e PAN.

“Esse conjunto de compromissos constará já na proposta inicial do Orçamento”, frisou.