Dorindo de Carvalho

No MU.SA – Museu das Artes de Sintra, vai estar patente de 21 de janeiro a 6 de março, a exposição “CONSTRUÇÃO (A)PARENTE”, que reúne a obra pictórica e gráfica de Dorindo de Carvalho interligando-a com o teatro digital de homenagem a Almada Negreiros.

A exposição “CONSTRUÇÃO (A)PARENTE” pretende reunir num só lugar o espólio da obra pictórica e gráfica do artista plástico português Dorindo de Carvalho e, em simultâneo, promover a exibição do teatro digital “Almada Negreiros, O Iconoclasta” em homenagem ao escritor e artista multidisciplinar Almada Negreiros, um dos principais percursores do modernismo em Portugal e figura ímpar do panorama artístico do séc. XX, que há 100 anos escreveu, em Sintra, o poema “O Menino d’Olhos de Gigante”.

O teatro digital “ALMADA NEGREIROS, O ICONOCLASTA” é uma projeção audiovisual da ÉTER – Produção Cultural, que pretende ser transversal à obra de Dorindo de Carvalho e permitir visionar, em simultâneo, a obra de um artista singular através de um espetáculo inédito que explora as técnicas de digitalização, fundindo atores, representação, música e montagem fílmica, no qual Almada Negreiros e Fernando Pessoa, criadores do Modernismo, e Teixeira de Pascoaes, criador do Saudosismo, contracenam virtualmente nos quadros de Almada Negreiros, transportando-nos numa viagem pela obra plástica, pela poesia, pelos Manifestos deste autor iconoclasta criador de uma vanguarda artística e referência da arte e da cultura do século XX português.

CONSTRUÇÃO (A)PARENTE significa que tudo aquilo que retemos depende da posição em que nos encontramos, daquilo que o individuo sente em determinado momento, e do estado anímico que determina o modo como percebemos e interpretamos a relação subjetiva que temos com o mundo que nos rodeia.

Esta exposição pretende, assim, revelar que apesar de distintos os percursos de Dorindo e de Almada é possível encontrar entre eles uma “construção” artística (a)parente e outras afinidades no que toca à conceção alargada da arte e do que é ser artista, e às modalidades artísticas multidisciplinares como a pintura, desenho, desenho gráfico, cenografia, figurinos para teatro, ilustração, escrita.