Infarmed investiga reação adversa à vacina Janssen em Mafra

Vacina da Janssen

O Infarmed decidiu abrir, esta quarta-feira, uma investigação a um alegado caso de reações adversas à vacina da Janssen, no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra, depois de utentes terem desmaiado após a toma da vacina.

“No seguimento dos casos de reações adversas (síncope), notificados com a vacina da Janssen, no CVC de Mafra, o Infarmed informa que não foram reportados, até à presente data, suspeitas de defeito de qualidade deste lote noutros centros de vacinação em que o mesmo está a ser utilizado”, pode ler-se em comunicado.

Apesar de não terem sido notificados casos, o Infarmed “decidiu dar início a um processo de investigação da qualidade das unidades remanescentes da vacina naquele local de vacinação, assim como, suspender este lote até as devidas averiguações estarem concluídas”.

Entre as reações adversas reportadas no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra, após a administração de doses da Janssen, está “a perda de consciência súbita e breve, seguida de restabelecimento espontâneo”.