Escola Profissional de Recuperação do Património de Sintra, vai funcionar antiga fábrica MELKA, no Cacém

A Escola Profissional de Recuperação do Património de Sintra, vai passar a funcionar em instalações definitivas, na antiga fábrica da Melka, depois de terminadas as obras de adaptação e reabilitação, que rondaram os 650 mil euros.

Em reunião de executivo municipal, foi aprovado a abertura de concurso público, para a transferência da Escola para a Freguesia do Cacém e São Marcos. A empreitada tem como objetivo a adaptação definitiva do edifício municipal situado no Cacém, para a instalação da Escola Profissional de Recuperação do Património de Sintra.

As intervenções compreendem, entre outros trabalhos mais específicos, a criação de espaços para salas de aula, ginásio, copa e refeitórios e ainda a adaptação de layout do projeto de arquitetura ao novo projeto de segurança contra incendio. Está previsto ainda a execução da instalação elétrica, a instalação de sistema de AVAC e da implementação de medidas de segurança contra incêndios.

Para além das áreas administrativa e logística, as novas instalações irão contar com 11 salas de aula, 2 laboratórios, 5 oficinas especializadas (madeiras, metais, estuques, cerâmica e jardinagem), 3 salas de informática, salas de reuniões, sala de professores, sala de alunos, refeitório e vários gabinetes.

Esta escola profissional leciona, atualmente, os Cursos Profissionais de Assistente de Conservação e Restauro, Técnico de Design de Interiores e Exteriores, Técnico de Fotografia, Técnico de Jardinagem e Espaços Verdes, Técnico de Produção e Tecnologias da Música, Assistente de Arqueólogo, Técnico de Construção de Instrumentos Musicais, Técnico de Audiovisuais, Técnico de Indústrias Alimentares e Técnico de Segurança e Salvamento em Meio Aquático.

As novas instalações permitirão ainda a instalação de um Centro Qualifica, resultante de uma candidatura apresentada pela Câmara de Sintra em parceria com a Escola Secundária Ferreira Dias.

Vídeo: Escola do Património de Sintra