Novo Estado de Emergência a partir de 9 de dezembro é quase certo

O ministro da Administração Interna deu hoje como quase certo que a Assembleia da República terá de aprovar dentro de duas semanas uma segunda prorrogação do estado de emergência a partir de 9 de dezembro.

Eduardo Cabrita, ministro da Administração Interna

Eduardo Cabrita falava momentos antes de o Parlamento ter autorizado o Presidente da República a declarar a renovação do estado de emergência em Portugal a partir de terça-feira para permitir medidas de contenção da Covid-19, com votos a favor de PS e PSD.

O atual período de estado de emergência começou às 00h00 no passado dia 9 e termina às 23h59 da próxima segunda-feira, 23 de novembro e o próximo, que deverá ser hoje decretado pelo Presidente da República, vai decorrer entre 24 de novembro e 8 de dezembro.

Na parte final da sua intervenção, Eduardo Cabrita afirmou que, no combate à covid-19, “infelizmente, há uma única certeza: Daqui a duas semanas, aqui estaremos novamente a discutir a prorrogação para um terceiro período do estado de emergência”.

“É necessária a mobilização de toda a sociedade portuguesa, mas também a mobilização de todas as instituições, designadamente da Assembleia da República na sua competência legislativa, fiscalizadora e de voz de todos os portugueses num combate que travamos pela vida, pela liberdade e pela saúde“, declarou.

Na sua intervenção, Eduardo Cabrita salientou que o Governo emitiu na quinta-feira parecer favorável à proposta de decreto do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visando a prorrogação do estado de emergência.

Governo estima em mais de 200 os municípios com
elevados índices de contágio

O ministro da Administração Interna admitiu hoje que o número de concelhos com elevados níveis de contágio irá aumentar, passando as duas centenas, e adiantou que o Governo “continuará” a atuar numa lógica de diferenciação ao nível local.

Esta estimativa sobre o número de municípios com mais de 240 casos por cem mil habitantes nos últimos 15 dias foi apresentada por Eduardo Cabrita momentos antes de o parlamento dar autorização à entrada em vigor do decreto presidencial para a prorrogação do estado de emergência em Portugal.

“O quadro que temos, de acordo com os dados disponíveis, indica que o número de municípios irá quase certamente ultrapassar as duas centenas. Por isso, é preciso continuar a fazer a diferenciação que desde sempre foi feita na adoção de medidas”, declarou o ministro da Administração Interna.

Eduardo Cabrita referiu-se à recente evolução dos casos de covid-19 por concelho em Portugal, dizendo que em 02 de novembro era 121 os municípios foram colocados num quadro de aplicação de medidas mais restritivas.

O Governo reúne-se hoje em Conselho de Ministros para aprovar as medidas no âmbito da prorrogação do estado de emergência, que serão anunciadas no sábado em conferência de imprensa.

Sintra Notícias com Lusa