Espanha com 510 mortes, o menor número desde 23 de março

    Espanha registou, nas últimas 24 horas, 510 mortes devido ao novo coronavírus, o número mais baixo desde 23 de março,

    Espanha registou, nas últimas 24 horas, 510 mortes devido ao novo coronavírus, o número mais baixo desde 23 de março, havendo até agora um total de 16.353 óbitos, segundo as autoridades sanitárias.

    De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 4.830 novos infetados, um pequeno aumento em relação a sexta-feira, mas que não põe em causa a tendência de queda dos últimos dias, sendo agora o total de pessoas que contraíram a doença de 161.852 (dados consolidados às 20:00 de sexta-feira, hora de Lisboa).

    Notícia de destaque no jornal El País

    Desde o início da pandemia do novo coronavírus, 59.109 pessoas foram consideradas como curadas em Espanha, uma percentagem de 37%, que está a subir, em relação aos casos positivos confirmados.

    No Mundo:

    Os Estados Unidos da América registaram esta sexta-feira 2.108 mortes causadas pela covid-19 no espaço de 24 horas, um número diário recorde a nível mundial, de acordo com a contagem da Universidade Johns Hopkins. De acordo com os dados registados até às 20h30 locais, os Estados Unidos são o primeiro país no mundo a ultrapassar a marca das duas mil mortes num dia, registando 2.108 vítimas da pandemia da covid-19 e aproximando-se do meio milhão de pessoas, com 496.535 casos.

    Na quinta-feira, os Estados Unidos tinham registado 1.783 mortes pela covid-19. O número total de mortos registados nos Estados Unidos é agora de 18.586, um valor próximo do país com mais vítimas mortais no mundo, a Itália, que contabiliza 18.849 falecidos.

    Alemanha (10h10) | Os casos de covid-19 na Alemanha subiram 4.133 em apenas um dia para um total de 117.658, e o número de pessoas curadas aumentou 3.300 para 57.400, segundo o Instituto Robert Koch. A entidade responsável pela prevenção e controlo de doenças adianta que houve um crescimento de 171 vítimas mortais em relação ao dia anterior, para o total de 2.544. A Baviera, maior estado federado da Alemanha, continua a registar o maior aumento e o maior número de casos do país, aumentando 747 para 31.453.

    (em atualização)