Regresso a Kionga de Mário Silva Carvalho vence Prémio Literário Ferreira de Castro

    Ao Prémio Literário Ferreira de Castro – Ficção Narrativa, concorreram 44 obras de autores de várias nacionalidades de língua portuguesa

    O Prémio Literário Ferreira de Castro, destinado a galardoar uma obra de Ficção Narrativa, foi atribuído, por unanimidade, ao livro “Regresso a Kionga”, de Mário Silva Carvalho.

    O júri, composto por Annabela Rita, em representação da Associação Portuguesa de Escritores, Ernesto Rodrigues, em representação da Associação Portuguesa dos Críticos Literários e Ricardo António Alves, designado pela Câmara Municipal de Sintra, destacou “a qualidade da escrita e a informação histórica carreada para a ficção”.

    Além do prémio pecuniário de cinco mil euros, “Regresso a Kionga” será editado pela Câmara de Sintra com uma tiragem de mil exemplares.

    Ao Prémio Literário Ferreira de Castro – Ficção Narrativa, concorreram 44 obras de autores de várias nacionalidades de língua portuguesa.

    Em edições anteriores, o Prémio Literário Ferreira de Castro distinguiu Elogio de Infertilidade de Victória F.; Leilão de Pensamentos de Pedro Ludgero; A Noite dos Caranguejos de Ascênio de Freitas; A Siberiana de Rui da Costa Lopes; Carlos de Oliveira – O Testemunho Inadiável de Silvina Rodrigues Lopes.