Protesto no Centro de Saúde de Rio de Mouro que já recebeu cinco novos médicos

    Após uma reunião com os responsáveis pelo centro de saúde, Paula Borges adiantou ter sido informada que "já vieram mais cinco médicos"

    A Comissão de Utentes da Saúde do Concelho de Sintra manifestou-se hoje junto do centro de saúde de Rio de Mouro, numa vigília para protestar contra a falta de médicos, que recebeu nos últimos dias cinco novos médicos.

    “O centro de saúde tem perto de 23.715 inscritos e cerca de 49% dos utentes não têm médico de família”, afirmou à Lusa Paula Borges, da Comissão de Utentes da Saúde do Concelho de Sintra (CUSCS), acrescentando que as pessoas são obrigadas a deslocar-se “muito cedo para marcar consulta, esperando à chuva e ao frio”.

    Após uma reunião com os responsáveis pelo centro de saúde, Paula Borges adiantou ter sido informada que “já vieram mais cinco médicos”, comentando que “deve ter sido nos últimos dias, porque na semana passada estavam menos” ao serviço.

    “Vão abrir mais uma unidade de saúde familiar, para juntar à que já existe, mas mesmo com a nova unidade não vai haver uma cobertura total dos utentes”, lamentou.