Carlos Otero fala dia 8 de junho, dos "Músicos Portugueses" no Garagem Café, Sintra | Foto; Alagamares

Carlos Otero, guia-nos por “200 anos de música portuguesa”, esta quinta-feira, dia 8 de Junho, pelas 21 horas no Garagem Café, perto da Alameda do Soldado Desconhecido, em Sintra.

Numa iniciativa da Alagamares – Associação Cultural, o propósito é escutar a experiência de vida de Carlos Otero, cantor lírico e encenador de teatro e de ópera.

“A criação musical parece ter atingido uma espécie de perfeição com estes músicos clássicos portugueses que personalizam o ideal de ‘MÚSICA total’”, in Carlos Otero

Com mais de 3.200 representações públicas em palcos tão distintos como o Teatro Nacional Popular, o Théâtre de la Ville, o Théâtre Marigny, o Festival Lírico de Aix-en- Provence e o Festival de Avignon, Carlos Otero trabalhou ao longo da sua carreira com nomes tão distintos como a actriz Edwige Feuillère, o actor e encenador Georges Wilson, ou ainda Jerome Robbins, produtor, realizador e coreógrafo da Broadway, com quem apresentou, em 1969, no Théâtre Marigny, a comédia musical Violino sobre o Telhado.

Realizou e encenou no Théatre des Champs Elysées, de Paris, o drama “Themos” de Mozart, assim como a ópera “A Flauta Mágica”, representações que foram saudadas pela crítica como “tendo conseguido transmitir o essencial do aspecto sobrenatural e maravilhoso das obras primas de Mozart”.

Licenciado em Musicologia pela Sorbonne, dedica-se actualmente à investigação musical e à encenação, e desenvolve o seu trabalho no sentido de transmitir a “boa mensagem” através da música.

Sintra Notícias com Alagamares