Escola Gama Barros distinguida com o prémio Nacional eTwinning

    O projeto chama-se "Soccer World Cup 2022" e foi desenvolvido por alunos do 3.º Ciclo e Secundário

    A Escola Básica Secundária Gama Barros, no Cacém foi premiada pela Organização Nacional do Etwinning com o Prémio Nacional eTwinning 2022, na categoria ‘Ensino Secundário’.

    “A escola tem participado ativamente nos projetos dinamizados pelo eTwinning, numa sinergia bastante positiva que reúne professores e alunos de diversas idades e anos de escolaridade”, explica o estabelecimento de ensino, em nota enviada ao SINTRA NOTÍCIAS.

    A cerimónia de entrega dos prémios decorreu em Lisboa, no dia 27 de maio e o Agrupamento de Escolas esteve representado pelas  professoras mentoras e por 11 alunos da Escola Básica e Secundária de Gama Barros. O evento compreendeu diversas atividades, entre elas a apresentação pública do projeto com os alunos Beatriz Mendes, Diogo Delgado, Fábio Alves e Rafael Carvalho. “Foi um dia muito gratificante e apreciado por todos, com partilha e troca de experiências, degustação gastronómica com iguarias de Sintra e muita alegria”, pode ler-se.

    A Escola Gama Barros está agora “empenhada no projeto eTwinning ‘Digital Garden’ e vai submeter em breve a sua candidatura a ‘Selo Nacional eTwinning’, lembra o estabelecimento de ensino, admitindo que “com o eTwinning é sempre um privilégio trabalhar colaborativamente as competências previstas no perfil dos alunos e promover aprendizagens aliciantes e significativas, abrindo a sala de aula para o mundo”.

    Nesta sessão foi salientada a importância dos projetos eTwinning como espaços propícios e privilegiados para o desenvolvimento das competências do Perfil do Aluno através de metodologias inovadoras e ativas. Também foi referida a importância da partilha e do trabalho em equipa para o sucesso das aprendizagens.

    O projeto apresentado pela Gama Barros denominado “Soccer World Cup 2022” foi desenvolvido por alunos do 3.º Ciclo e Secundário, tendo como mentoras as professoras Lina Pereira, Sandra Lobo e Celeste Gonçalino, em parceria com escolas da Alemanha, Espanha, Itália, Países Baixos e Polónia.