Concerto assinala abertura do ano letivo do ISCTE em Sintra

Abertura do ISCTE Sintra assinalada com a atuação do Coro do ISCTE, o Nova Era Vocal Ensemble, no Olga Cadaval

A abertura do ISCTE Sintra foi assinalada este domingo, com um concerto no Centro Cultural Olga Cadaval, no dia 1 de outubro, iniciativa que se iniciou um dia antes, no decorrer das Festas em Honra de São Miguel, na Correnteza de Sintra, integrada na receção aos alunos universitários do novo polo universitário, no concelho.

Neste espetáculo o Coro do ISCTE, o Nova Era Vocal Ensemble e uma orquestra dirigida pelo maestro João Barros, interpretaram a obra Alexander´s Feast, or The Power of Music, de Handel.

A cerimónia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta e da Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Elvira Fortunato. O ISCTE esteve representado pela Reitora, Maria de Lurdes Rodrigues, e pelo diretor do ISCTE Sintra, Ricardo Paes Mamede, tendo estado presentes representantes de vários órgãos da universidade, docentes, estudantes e funcionários, num evento aberto ao público, que encheu o Centro Cultural Olga Cadaval.

No seu discurso de abertura, Basílio Horta destacou a importância que este momento tem para Sintra. “Marca a abertura do território ao ensino superior que se traduz num verdadeiro investimento nas pessoas e no seu futuro”, refere o presidente da autarquia, acrescentando que o “desenvolvimento económico e social de Sintra é tributário do enino universitário no que toca à inovação e novas tecnologias, setores em que o ISCTE tem larga experiência”, assegurando que “a autarquia caminhará ao lado do ISCTE, cooperando e colaborando para que a permanência do ISCTE seja um sucesso para o concelho e para o país”.

Para Elvira Fortunato, Ministra da Ciência e do Ensino Superior, sublinhou a importância do conhecimento, ciência e emprego qualificado, que representa mais desenvolvimento social e económico, frisou “ser um privilégio estudar, olhando para o futuro, numa vila cheia de passado e de história. Num momento único da história, numa época de digitalização e sustentabilidade que implicam mais conhecimento e ciência, estamos perante áreas emergentes do conhecimento e cada vez mais essenciais”.

Ricardo Paes Mamede, é o diretor da Iscte-Sintra

Antes da cerimónia, decorreu a Festa de Outono, com diversas atividades, evento organizado pela autarquia e pela União das Freguesias de Sintra, no Jardim da Correnteza e nas áreas adjacentes, Rua Dr. Alfredo Costa e Av. Dr. Miguel Bombarda, um local com vista privilegiada para o Vale da Raposa e para o Centro Histórico da Vila.

Recorde-se, o ISCTE Sintra iniciou as atividades em setembro, com oito novas licenciaturas, cujas vagas [200] foram integralmente preenchidas na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso. Durante a tarde, as instalações do ISCTE Sintra, estiveram abertas e foram visitadas pela população e convidados.