Manifestação de apoio à Ucrânia, em Sintra | Foto: arquivo

A Câmara Municipal de Sintra aprovou um acordo de cooperação com o Instituto São João de Deus – Casa de Saúde do Telhal para acolhimento e integração de refugiados ucranianos.

A minuta, aprovada em reunião do executivo, prevê o apoio financeiro de 10 mil e 500 euros, por parte do município de Sintra a este equipamento social, destinado às refeições e outros consumíveis resultantes do acolhimento de refugiados oriundos da Ucrânia.

O , mencionou a crise de refugiados que a Europa atualmente enfrenta e que “Sintra não poderia ficar indiferente por ser um concelho de solidariedade e paz”.

“Este apoio junta-se a outras ações que estamos a desenvolver, entre elas o concerto solidário que o Centro Cultural Olga Cadaval acolheu, o banco de recursos, a articulação com diversas entidades nacionais. A nossa prioridade é conseguir dar respostas adequadas, sempre atentos e em articulação com o Governo”, refere o presidente da autarquia de Sintra, Basílio Horta.

No seguimento da invasão e da crise humanitária vivida na Ucrânia, a Câmara Municipal de Sintra ativou o Programa de Acolhimento e Integração dos Refugiados (PAIR).

Foi ainda criado pela autarquia o portal “SOS UCRÂNIA” dirigido a quem quer ajudar ou procura ajuda, por forma a garantir as respostas mais adequadas ao acolhimento e integração de refugiados. Nesta plataforma, poderá facilmente sinalizar a procura ou disponibilidade de emprego e habitação, e ainda solicitar apoio na reunificação de famílias ou integração na comunidade.

Fotografia: Alagamares