“Aquilo que é essencial evitarmos é que o janeiro do próximo ano tenha qualquer coisa que seja a ver com o terrível janeiro que vivemos este ano”

António Costa

O primeiro-ministro, António Costa, considerou essencial evitar um “terrível janeiro” próximo como foi o deste ano, apelando ao cumprimento das regras para controlar a pandemia para que a vida continue com “segurança, tranquilidade e liberdade”.

“Aquilo que é essencial evitarmos é que o janeiro do próximo ano tenha qualquer coisa que seja a ver com o terrível janeiro que vivemos este ano de 2021”, apelou.