Portugal com mais 12 mortes e 2.598 novos casos de Covid-19

Vacina

Portugal registou 12 mortes atribuídas à covid-19 e 2.598 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 nas últimas 24 horas, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

O boletim da DGS revela que estão internados 732 doentes, menos 22 do que quinta-feira. Nos cuidados intensivos estão 162 doentes, menos 7.

Os dados indicam ainda que mais 2.538 doentes foram dados como recuperados, fazendo subir para 936.555 o número total de recuperados desde o início da pandemia em Portugal, em março de 2020.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 57.123 contactos, menos 155 relativamente ao dia anterior.

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 17.537 mortes e 998.547 casos de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, estando esta sexta-feira ativos 44.455 casos, mais 48 em relação a quinta-feira.

Incidência volta a baixar e
Rt volta a subir

A taxa de incidência de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias baixou novamente no continente e a nível nacional, enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) voltou a aumentar, passando de 0,94 para 0,95.

O boletim epidemiológico conjunto da Direção-Geral da Saúde e do Instituto Nacional da Saúde Doutor Ricardo Jorge divulgado hoje revela que a taxa de incidência (média de novos casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias) desceu para 319,9, a nível nacional, quando na quarta-feira estava nos 326,5.

Em Portugal continental, a taxa de incidência desceu hoje para 324,6 (na quarta-feira situava-se nos 331,6). O Rt – que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa portadora do vírus – é hoje de 0,95 em todo o território de Portugal (era de 0,94 na quarta-feira).

Os dados do Rt e da incidência de novos casos por 100 mil habitantes a 14 dias – indicadores que compõem a matriz de risco de acompanhamento da pandemia – são atualizados pelas autoridades de saúde à segunda-feira, à quarta-feira e à sexta-feira.

O nível de risco na matriz de monitorização da pandemia de covid-19 fixa-se agora em 480 casos por 100 mil habitantes a 14 dias, em vez dos anteriores 240.