Portugal regista mais 26 mortes e 1.007 casos de infeção

Portugal volta a baixar o número de óbitos e conta também menos 961 casos ativos de Covid-19

O novo coronavírus já causou, em Portugal, a morte de 8.645 homens e 7.867 mulheres

Portugal registou hoje mais 26 mortes relacionadas com a pandemia de covid-19 e 1.007 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Em internamento nas enfermarias estão 1.416 doentes, menos 167 do que na sexta-feira, sendo necessário recuar a 23 de outubro para haver um valor semelhante (1.418).

Nos cuidados intensivos, Portugal tem hoje 363 pessoas, menos 20 do que no dia anterior, o valor mais baixo desde 07 de novembro, quando se registaram 366 internamentos nestas unidades.

O número de recuperados ultrapassou, pelo 34.ª dia, o número de novas infeções, com mais 1.942, perfazendo um total de 730.601. Por sua vez, o número de casos ativos está agora em 62.299, ou seja, menos 261 do que na sexta-feira.

Em vigilância estão 26.704 contactos, o que se traduz num recuo de 2.177 em comparação com o dia anterior.

No que toca aos óbitos, os números voltam a baixar e, nas últimas 24 horas, não foi registada qualquer morte no Alentejo, no Algarve, na Madeira e nos Açores.

Por seu lado, a região Norte regista mais quatro mortes (e 210 casos positivos de Covid-19) e a região Centro mais seis, com mais 126 infeções. Lisboa e Vale do Tejo volta a liderar com 16 óbitos e 336 novos casos.

Por idades, o maior aumento de doentes com Covid-19 regista-se na faixa 50-59, com 155 do total, seguindo-se a dos 60 aos 69 anos, com 105 novos casos.

Quanto aos óbitos, ocorreram dois na faixa 50-59, um na faixa 60-69, 12 na de 70-79 e 11 na faixa etária dos 80 ou mais anos.

Do total de casos confirmados, 442.888 são mulheres, 366.254 são homens e os restantes 270 estão sob investigação, uma vez que os dados “são fornecidos de forma automática”.

O novo coronavírus já causou, em Portugal, a morte de 8.645 homens e 7.867 mulheres.