Comboios históricos em ‘serviços turísticos’ regressam à linha de Sintra

CP recupera composições "vintage" para prestar serviços turísticos na Linha de Sintra, ligando as estações de Sintra e o Rossio.

Composição da CP na Estação de Sintra | Foto: Estúdio de Horácio de Novaes - arquivo

Algumas das velhas automotoras, construídas na Sorefame, na Amadora, de cor metalizada e chapa ondulada – imagem de marca durante décadas na Linha de Sintra -, vão ser recuperadas. Com a missão de prestar “serviços turísticos”, as composição voltam a circular para fazer a ligação, entre as estações de Sintra e o Rossio.

“Os comboios históricos também servem para a CP ter uma relação de afectividade com os portugueses”, diz Nuno Freitas, presidente da CP ao jornal Público, durante uma conferência online “Portugal Railway Summit 2021”.

Segundo o Público, “duas UTE (Unidades Triplas Eléctricas), datadas dos anos 60 e que saíram de serviço há 20 anos, vão voltar aos carris na linha de Sintra, mas agora como comboios históricos, destinados essencialmente aos turistas que visitam a Vila [Sintra] e em viagens directas (sem paragens) desde o Rossio”.

Fotografia: Estúdio de Horácio de Novaes (1933-1983), in Biblioteca de Arte da F.C.G.