Amadora lança projeto de aquisição de bens de primeira necessidade

A Câmara Municipal da Amadora, vai lançar um projeto de aquisição de bens de primeira necessidade através de um cartão pré-carregado, de modo a promover melhores condições de vida aos munícipes, foi hoje anunciado.

Amadora

“O apoio previsto será de natureza temporária e pontual, e poderá ter uma duração até três meses, renovável por igual período, em situações devidamente fundamentadas pelo técnico gestor de caso, não podendo exceder o prazo máximo de seis meses”, pode ler-se em comunicado.

De acordo com o município liderado por Carla Tavares, a iniciativa ‘Cartão Bens 1.ª’ será implementado até dezembro e deverá reduzir o “risco de pobreza e exclusão social” no concelho.

“A permanente atualização do diagnóstico social ditou a necessidade de ampliar as respostas de apoio, ao nível da satisfação das necessidades básicas dos munícipes em situação de carência económica, agora agravada pela situação de pandemia da covid-19”, ressalvou a autarca, citada no comunicado.

Com vista à supressão das necessidades básicas de alimentação e higiene, o projeto ‘Cartão Bens 1.ª’ nasce como uma estratégia potenciadora da autonomia das famílias.

“Este apoio irá permitir uma maior adaptabilidade e responsabilização no que concerne à gestão e à escolha dos produtos a serem adquiridos”, adiantou o município.