Teve início esta segunda-feira a demolição do edifício do antigo mercado de Fanares, na freguesia de Algueirão-Mem Martins, ponto central de um projeto de requalificação urbana onde será criada uma nova centralidade e novos percursos pedonais.

“A demolição do antigo mercado decorre durante os próximos 3 meses e marca o início do projeto que valorização urbana de toda a envolvente, um investimento de cerca de 1,8 milhões de euros”, sublinha o presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta.

Demolição do Mercado de Fanares começou esta segunda-feira

O projeto de requalificação de toda a praça resultará de uma intervenção conjunta entre a Câmara Municipal de Sintra e os SMAS de Sintra, unindo a valorização urbana à remodelação das redes de esgotos e abastecimento doméstico de água.

Este projeto, inserido na estratégia da Área de Reabilitação Urbana (ARU) de Mem Martins/Rio de Mouro, prevê a criação de uma praça pública que une a Praceta de Damão, intimamente ligada ao mercado, à Praceta de Goa por pavimento único, com uso misto na Rua de Panjim.

Projeto de requalificação de toda a praça do antigo Mercado de Fanares implica um investimento de 1,8 milhões de euros

O projeto irá permitir a criação de novos espaços de estadia, com esplanadas e reforço de árvores e espaços verdes.

Esta nova centralidade em Mem Martins vai promover os percursos pedonais entre o novo estacionamento da Praceta Nau de São Rafael e a estação de comboio da CP de Algueirão-Mem Martins, com cerca de 450 metros de extensão.

O projeto prevê ainda a ligação ao Parque Linear da Ribeira da Laje, aberto ao público em 2019, e que permitiu a ligação entre Mem Martins e Rio de Mouro, numa área total de intervenção de 13,5 hectares.