Capitão do Porto Marítima de Cascais pediu exoneração do cargo

    O Oficial da Marinha Portuguesa, terá agredido a mulher, A PSP foi chamada ao local pelos vizinhos do casal e acabaram por deter o militar, que já pediu a exoneração do cargo, de capitão do Porto Marítimo de Cascais, segundo a Rádio Renascença.

    Capitania do Porto de Cascais / Polícia Marítima | Foto: arquivo

    O Capitão-Tenente do Porto Marítimo de Cascais, Rui Pereira da Terra, “pediu exoneração do cargo no dia 26 de março, devido a um facto pessoal, o que foi de imediato aceite”, disse a Autoridade Marítima Nacional (AMN), à Rádio Renascença.

    O oficial da Marinha Portuguesa, terá agredido a mulher, médica infeciologista do Hospital das Forças Armadas e mãe de um bebé de sete meses, no passado dia 25 de março, segundo a Rádio Renascença.

    A PSP foi chamada ao local pelos vizinhos do casal e acabaram por deter o militar.

    A Autoridade Marítima adiantou à Renascença que “continua a acompanhar o evoluir da situação, sendo que, na eventualidade de ocorrer algum facto em âmbito judicial que exija uma avaliação, esta será oportunamente efetuada”.