Pescadores morrem arrastados por onda na Boca do Inferno

    Os corpos dos dois pescadores lúdicos, já foram encontrados.

    Boca do Inferno, em Cascais: Foto: Alexandre Magrinho - arquivo

    Os corpos dos dois pescadores lúdicos que caíram ao mar na base da Boca do Inferno, em Cascais, já foram encontrados. Os dois homens estavam a pescar ao início da tarde deste domingo quando foram arrastados por uma onda.

    As buscas estiveram a cargo de meios da estação Salva-Vidas de Cascais e da Polícia Marítima, com o apoio dos bombeiros de Alcabideche.

    As vítimas foram arrastadas e o alerta foi às 13h41, para uma zona junto à rocha, inacessível às lanchas, situação que obrigou à mobilização de uma moto de água da Autoridade Marítima. 

    A Boca do Inferno, além de ponto turístico, é muito procurada pelos pescadores à cana, uma vez que os peixes procuram a zona onde o mar embate violentamente com as rochas, libertando alimento.

    Foi acionado um pedido à Força Aérea para um helicóptero ajudar nas buscas.