Armando Gama na GNR de Pêro Pinheiro por violência doméstica

O artista residente em Mafra, passou a noite no posto da GNR de Pêro Pinheiro e foi presente ao Tribunal de Sintra, que decidiu pela sua liberdade, mas com proibição de contactos com a vítima.

O músico Armando Gama, venceu o Festival da Canção da RTP, em 1983

O músico Armando Gama, foi detido pelo Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas (NIAVE), da GNR de Lisboa, por violência doméstica, queixas apresentadas pela sua companheira, com quem tem um filho de cinco anos.

Segundo o Jornal Correio da Manhã (CM), “a mulher denunciou o clima de coação psicológica a que o companheiro a sujeitava, impedindo-a nomeadamente de arranjar um emprego, ou até de se relacionar com amigos. Foram feitas igualmente denúncias de agressões físicas, perpetradas por Armando Gama em frente ao filho menor”.

Na sequência dos acontecimentos, os militares da GNR, procederam esta terça-feira à detenção de Armando Gama, quando regressava a casa, em Sobreiro, Mafra.

O artista passou a noite no posto da GNR de Pêro Pinheiro e foi presente ao Tribunal de Sintra, que decidiu pela sua liberdade, mas com proibição de contactos com a vítima, e obrigado a mudar de residência. “Não comento”, disse Armando Gama, contactado pelo CM.

Imagem: RTP Memória – arquivo