Militares da GNR salvaram homem durante greve dos motorista

Homem preparava-se para se atirar de um viaduto quando os militares intervieram evitando a tragédia.

GNR, salva um homem, de 39 anos, que se preparava para atirar de um viaduto | Foto; Comando Metropolitano da GNR

Os militares do Comando Territorial de Lisboa de GNR, salvam um homem, de 39 anos, que se preparava para atirar de um viaduto, nas imediações da Companhia Logística de Combustíveis (CLC), em Aveiras de Cima.

Os jornalistas que, na quinta-feira, acompanhavam o piquete de greve aperceberam-se da presença de um “homem com comportamento estranho e na posse de uma arma branca” e alertaram os militares da GNR presentes no local.

Os elementos da força de segurança localizaram o homem num “morro, junto ao viaduto da Estrada Nacional n.º 366, num dos acessos à CLC”, adianta a GNR em nota enviada ao SINTRA NOTÍCIAS, acrescentando que o mesmo transportava uma faca “dissimulada na manga da camisola e apresentava um comportamento notoriamente descompensado”.

O indivíduo foi conduzido para uma unidade hospitalar

“Dado que o indivíduo estava em perigo iminente de queda, os militares estabeleceram um diálogo com o mesmo de forma a permitir uma aproximação, facto que possibilitou uma rápida intervenção e retirar o homem para um local seguro, sendo imobilizado”, pode ler-se.

O indivíduo foi conduzido para uma unidade hospitalar, através de um mandado de internamento compulsivo, e a arma branca foi apreendida.

Fotografias: Comando Metropolitano da GNR