João Carvalho, presidente da Autoridade de Mobilidade e dos Transportes (AMT)

“Levando ao extremo, CP pode fazer na linha de Sintra uma viagem por dia”, disse João Carvalho, presidente da Autoridade de Mobilidade e dos Transportes (AMT), aos deputados da Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, na Assembleia da República, no decorrer de uma audição, esta terça-feira, adianta o site Dinheiro Vivo.

“Nós só temos de monitorizar se essa viagem foi bem feita”, notou o dirigente, explicando que, sem contrato de serviço público, está de “mãos atadas” para atuar na redução de serviços no transporte ferroviário da CP, porque o organismo que tutela, nada pode fazer.

Recorde-se, a partir de domingo, a transportadora vai cortar para metade o número de ligações a hora de ponta na linha de Sintra e manter assim o serviço durante todo o verão.