Levantamentos no Multibanco atingem valores máximos

    O concelho de Lisboa é o que regista maior volume de levamentos, seguindo-se os concelhos do Porto, Sintra, Vila Nova de Gaia, Cascais, Matosinhos e Oeiras

    Segundo os elementos da SIBS disponíveis no sistema de Geomarketing Sales Index e na sua aplicação web Municípios Online, em Portugal levantaram-se, em 2016, 28.3 mil milhões de euros nos caixas automáticos do Multibanco.

    Este valor representa uma subida de 2% relativamente ao ano anterior e é também o valor mais elevado registado. Entre 1993 e 2016, a maior subida anual foi registada em 1994, ano em que os 5,9 mil milhões de euros levantados no Multibanco representaram um acréscimo de 22.5%, relativamente ao ano anterior.

    O valor dos levantamentos manteve sempre uma trajetória ascendente até 2011, quando se registou uma quebra de 1.1% relativamente ao ano anterior. Em 2012, observou-se uma nova quebra anual de 1.7%. A partir de 2013, o valor dos levamentos retomou o percurso ascendente, chegando a 2016 com o valor máximo de 28 322 milhões de euros.

    O concelho de Lisboa é o que regista maior volume de levamentos, representando 10.4% do valor total de levantamentos do país. Seguem-se os concelhos do Porto, Sintra, Vila Nova de Gaia, Cascais, Matosinhos e Oeiras, que, em conjunto com Lisboa, representam um quarto do valor total de levantamentos no Multibanco.

    Os dados estão disponíveis no sistema de Geomarketing Sales Index, que a Marktest desenvolve desde 1992 e na sua aplicação web Municípios Online.