Homenagem ao ‘senhor desconhecido’

    QUOTIDIANO | Gatinho atropelado

    De manhã, a caminho do trabalho, deparei-me com um homem com um cão, agachado quase no meio da Estrada da Monservia, entre a Tojeira e o Arneiro.

    Só quando cheguei perto e lhe perguntei se precisava de ajuda é que percebi que segurava ao colo um gatinho atropelado, envolvendo-o num pano branco… Estava vivo, meio consciente…

    Tentei ajudar como pude. Liguei para a proteção civil, ninguém atendeu. Qual o n.º certo para ligar nestas situações?

    Não pude demorar-me mais tempo, mas fiquei com a certeza de que aquele gatinho estava em boas mãos. Mesmo que sejam as suas últimas horas de vida, não ficou abandonado no meio da estrada, como tantos outros…

    Obrigada senhor desconhecido… Obrigada por ter ido passear o seu cão para aqueles lados e ter um espírito bom..

    Ana Marreiros