Deputado Municipal do BE julgado no Tribunal da Amadora

Adiada a sessão de julgamento no Tribunal da Amadora

Foto: Google

Foi adiada a sessão de julgamento no Tribunal da Amadora – Comarca de Lisboa Oeste – de João Camargo, um dos deputados do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal da Amadora, depois de ter sido acusado pelo Ministério Público de crime de resistência e coação sobre funcionário.

O deputado municipal do Bloco de Esquerda João Camargo, detido pela PSP a 26 de março de 2015, durante um processo de demolições de casa no Bairro de Santa Filomena, na Amadora, viu hoje adiada por um mês a sessão onde será lida a sentença no Tribunal da Amadora, depois de ter sido acusado pelo Ministério Público.

O deputado foi detido após se ter identificado como deputado e ter invocado o Estatuto dos Eleitos Locais (Lei nº29/87) para obter informação da PSP acerca dos documentos administrativos que davam ordem às demolições em curso durante aquela semana.