PJ faz buscas na Câmara de Oeiras e de Odivelas

Câmara Municipal de Oeiras

A Polícia Judiciária (PJ) desenvolveu esta terça-feira, 25 buscas domiciliárias e não domiciliárias, entre as quais duas câmaras municipais, Oeiras e Odivelas, uma junta de freguesia, treze empresas e em nove residências.

O presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, e Rodrigo Gonçalves, membro da Comissão Política Nacional do PSD, estão a ser alvo de buscas da Polícia Judiciária, por suspeitas de crimes de corrupção, participação económica em negócio e prevaricação. A informação foi avançada pela CNN Portugal.

Em comunicado a PJ informa que “está em causa uma investigação em que se visa apurar a eventual prática de crimes de corrupção ativa e passiva para ato ilícito, de participação económica em negócio e de prevaricação”.

Ainda segundo o comunicado, a operação em curso e as buscas realizadas têm por objetivo recolher “elementos indiciários de diversa natureza” relacionados “com contratação de prestação de serviços, contratação de recursos humanos e adjudicações suspeitas”.