Chicão demite-se com CDS a perder a sua representação parlamentar

Francisco Rodrigues dos Santos

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, assumiu hoje que o partido perdeu a representação parlamentar e anunciou que pediu a demissão, alegando que deixou de “reunir condições para continuar a liderar” os centristas.

Chicão reconhece a derrota do seu partido e demite-se. “Ao final de 47 anos, o CDS perde a sua representação parlamentar”.

O líder do CDS refere que já deu os parabéns ao Partido Socialista pela vitória nestas eleições e enalteceu “o contributo da Juventude Popular”.

“Ao longo destes 50 anos de história, sei bem com quem contei, aqueles que estiveram presentes e que não viraram as costas, e que nas eleições mais difíceis da nossa história souberam estar ao lado do CDS”, afirma, agradecendo aos militantes.

É o pior resultado do CDS em democracia. O partido de Francisco Rodrigues dos Santos não conseguiu eleger um deputado para a próxima legislatura e perde os cinco mandatos que tinha na Assembleia da República.