Portugal com 21 mortes, 3.417 infeções e redução de internamentos

Covid-19

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.417 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2 e 21 mortes atribuídas à covid-19, registando-se uma ligeira redução dos internamentos, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Segundo o boletim diário da DGS, estão internadas 936 pessoas, menos 12 do que no dia anterior, das quais 133 em unidades de cuidados intensivos, menos duas nas últimas 24 horas.

A maior parte dos novos casos de infeção foi diagnosticada na região Norte (1.094), seguida de Lisboa e Vale do Tejo (1.036), do Centro (799), do Algarve (272) e do Alentejo (74).

Das 21 mortes, sete ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo, seis no Norte, quatro no Algarve, uma no Centro e três na Madeira.

Por faixas etárias

Por faixas etárias, 13 pessoas que morreram tinham mais de 80 anos, seis entre 70 e 79 anos e duas entre 60 e 69 anos.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se entre os idosos com mais de 80 anos (12.093 do total de 18.572 mortos por covid-19 em Portugal desde o início da pandemia), seguindo-se as faixas etárias entre os 70 e os 79 anos (3.998) e entre os 60 e os 69 anos (1.694).

Há agora 60.584 casos ativos de covid-19 (menos 1.573 do que na segunda-feira) e recuperaram da doença 4.969 pessoas, o que aumenta o total nacional de recuperados para 1.093.264.

Em relação a segunda-feira, as autoridades de saúde têm mais 2.255 contactos em vigilância, totalizando 79.538.

Dos novos casos, 591 foram diagnosticados em pessoas entre os 40 e 49 anos, 521 entre os 30 e 39 anos, 491 entre 20 e os 29 anos, 439 entre 50 e os 59 anos, 400 entre os zero e os nove anos, 384 entre os 60 e 69 anos, 333 entre os 10 e os 19 anos, 200 entre os 70 e 79 anos e 58 entre os idosos com mais de 80 anos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo registou desde o início da pandemia 448.157 casos e 7.862 mortes.

Na região Norte registaram-se 439.513 infeções e 5.674 óbitos desde o início da pandemia.