Alemanha enfrenta aumento massivo de novas infeções pelo SARS-CoV-2

Coronavírus

A Alemanha está a registar um número massivo de infeções pelo coronavírus SARS-CoV-2 entre pessoas não vacinadas, alertou hoje o ministro da Saúde alemão, que pediu um endurecimento de medidas para conter o ressurgimento de casos de covid-19.

“Neste momento, estamos a enfrentar essencialmente uma pandemia entre os não vacinados e é massiva”, disse Jens Spahn, enfatizando que as camas nos serviços de cuidados intensivos começam novamente a faltar.

“A quarta onda da pandemia infelizmente está a desenvolver-se como temíamos, porque o número de vacinados não é suficiente”, acrescentou o presidente do instituto de vigilância sanitária alemão, Lothar Wieler.