Ex-ministro Adalberto Fernandes destaca investimentos na saúde, no concelho de Sintra

Basílio Horta à conversa com o ex-ministro da Saúde, Adalberto Fernandes, sobre os investimentos realizados no concelho de Sintra

O candidato Basílio Horta (PS) recebeu o ex-ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, para uma conversa informal ao longo da Volta do Duche, gravada em vídeo, sobre os investimentos realizados no município de Sintra, onde “foi dada grande prioridade à saúde” nos mandatos.

O ex-ministro da Saúde começou por destacar a “visão estratégica” do autarca, que permitiu que o município tivesse em permanência uma viatura Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) no Hospital Amadora-Sintra, que se existisse, poderia ter salvo a vida do ator, José Boavida, vitima de paragem cardiorrespiratória. “Prova bem que às vezes a máquina administrativa central burocrática perde o contacto com a realidade e o olhar de quem está no terreno, o poder local, é fundamental”, disse.

A construção de cinco novos centros de Saúde no concelho de Sintra, (Queluz, Agualva, Sintra, Almargem do Bispo e Algueirão-Mem Martins), encontrando-se em construção o Centro de Saúde de Belas e o arranque de construção do novo Hospital de Sintra, na freguesia de Algueirão-Mem Martins, foram outros assuntos de conversa, com Adalberto Campos Fernandes, a destacar a “visão estratégica” da autarquia, numa “partilha global e equilibrada entre o Serviço Nacional da Saúde e o incremento das respostas da iniciativa privada”.

Ainda sobre o novo Hospital de Sintra, Basílio Horta recordou que Sintra é o único município do país a pagar “com recursos próprios” o equipamento de saúde ao serviço da população, há muitos anos reclamado e desejado, mas nunca concretizado. Na resposta, o ex-ministro notou que “é possível utilizar os recursos públicos no quadro de sustentabilidade para boas finalidades e boas causas”.

Na página de facebook, destaque para as ações de campanha do candidato Basílio Horta, na freguesia de Massamá e Monte Abraão, no contato com a população e do comércio local. “Os laços entre as nossas gentes e este território são fortes e perenes” e num percurso que “sem artifícios, de forma séria e clara vamos continuar neste período eleitoral como sempre assumimos a nossa responsabilidade”, refere o autarca nas suas redes sociais.

Na Associação de Reformados Pensionistas e Idosos de Monte Abraão (na foto], o autarca conviveu com os utentes que “sem complexos com a idade, cientes de tudo que dão, do tanto que deram e da forma solidária e humana como construímos a nossa comunidade”.