Prisão preventiva para mulher suspeita de matar cunhado no Cacém

Imagem | PJ

A mulher de 44 anos suspeita de ter matado o cunhado, na madrugada de sábado, na zona do Cacém, no concelho de Sintra, ficou em prisão preventiva, disse hoje à agência Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Num comunicado divulgado na segunda-feira, a PJ adiantou que a mulher tinha sido identificada e detida “fora de flagrante delito” e que a arma branca que terá sido utilizada na prática do crime também tinha sido localizada e apreendida.

De acordo com a PJ, o homicídio ocorreu ao início da madrugada de sábado, no interior da casa partilhada pela mulher, pelo seu companheiro (irmão da vítima) e pela própria vítima.

Segundo as autoridades, o crime “de extrema violência”, ocorreu na sequência de uma discussão familiar, tendo a arguida usado uma arma branca para desferir 12 facadas na vítima, na região torácica-abdominal.