Aeródromo do Tires, no concelho de Cascais

Funcionários do aeródromo de Tires, em Cascais, encontraram hoje mais cocaína dentro do avião da empresa portuguesa OMNI onde em fevereiro as autoridades brasileiras detetaram 500 quilos daquela droga, disse à Lusa fonte da infraestrutura aeroportuária.

A mesma fonte não conseguiu precisar a quantidade de droga encontrada na aeronave, que pertence à empresa privada OMNI – Aviação e Tecnologia, com sede em Porto Salvo (Oeiras).

A Polícia Federal do Brasil apreendeu no início de fevereiro meia tonelada de cocaína escondida neste avião particular que já tinha recebido autorização para descolar da cidade de Salvador com destino a Portugal.

A droga foi encontrada durante uma inspeção de agentes da Polícia Federal quando o avião se encontrava na pista do Aeroporto Internacional de Salvador.