Novo jornal digital “Setenta e Quatro” focado no jornalismo de investigação

Novo jornal digital, "setenta e quatro"

“O Setenta e Quatro acredita que a informação livre e rigorosa são essenciais ao debate público, à promoção das sociedades democráticas e ao escrutínio de todas as formas de poder. Procurará contribuir para uma sociedade mais informada e para um debate público mais qualificado e, desse modo, para o isolamento das ideias promotoras da divisão, de discriminação e exclusão”, lê-se na página do jornal na internet.

“O objetivo é e será o reforço da democracia”, sublinha.

O lançamento da nova publicação está marcado para dia 13 de julho, no Hub Criativo do Beato, em Lisboa, a partir das 18h00.

O jornal, que será atualizado semanalmente, tem como diretor Ricardo Cabral Fernandes e da redação fazem parte os jornalistas Filipe Teles, Isabel Lindim e Joana Ramiro.

Segundo a informação disponibilizada no ‘site’, os conteúdos do Setenta e Quatro são de livre acesso, pretendendo o jornal tornar-se financeiramente sustentável através das contribuições dos leitores.

A propriedade da publicação é detida pela associação cívica Continuar para Começar.

Na sessão de apresentação, o diretor do jornal vai estar à conversa com o jornalista da SIC Pedro Coelho, o jornalista do consórcio internacional Investigate Europe, Paulo Pena e a advogada Carmo Afonso.