Sintra iniciou processo de vacinação dos Bombeiros

Os elementos prioritários que constituem todos os corpos de bombeiros do concelho de Sintra, começaram esta manhã de terça-feira a ser vacinados, contra a covid-19.

Processo de vacinação dos Bombeiros no concelho de Sintra | Foto: arquivo

Esta terça-feira, parte das primeiras vacinas contra a Covid-19, com a primeira dose administrada a 311 operacionais. O processo iniciou-se, no quartel dos Bombeiros Voluntários de São Pedro de Sintra, mas também de Colares, Sintra, São Pedro de Sintra, Queluz, Belas, Agualva Cacém, Algueirão Mem-Martins e Montelavar.

O processo de vacinação, decorre terça e quarta-feira pelas nove corporações de Bombeiros. No Centro de Vacinação de Belas no quartel dos Bombeiros Voluntários, serão vacinados 40 bombeiros do quadro ativo e 21 estagiários, adiantou nas redes sociais, o Comandante da corporação, António Gualdino. Este processo de vacinação, decorrer por fases, por todas as Associações Humanitárias de Bombeiros Voluntários do Concelho de Sintra, de acordo com as normas e prioridades estabelecidas.

“São homens e mulheres que todos os dias estão na linha da frente deste combate. O processo de vacinação tem de ser acelerado”, escreveu esta manhã, na página de facebook, Basílio Horta, presidente da Câmara de Sintra, acrescentando que “entre elementos prioritários dos serviços de saúde ou profissionais e utentes de lares, já foram realizadas cerca de 4 mil vacinações no concelho”.

“Temos de ser mais ambiciosos e conseguir aumentar a velocidade deste processo”, pode ler-se na mensagem do autarca.

A Proteção Civil de Sintra está responsável pela entrega das vacinas nas corporações. Será entregue, em cada corporação, uma mala térmica com as vacinas a administrar nessa corporação. As vacinas deverão ser mantidas nas malas térmicas, fechadas e guardadas num local seguro até que cheguem as equipas de vacinação.

Recorde-se, os profissionais dos cuidados de saúde primários, profissionais e utentes de lares do concelho de Sintra, também já receberam a 1.ª dose da vacina contra a Covid-19, tendo alguns deles já recebido a 2º dose. Até à passada sexta-feira, foram vacinadas mais de 3200 pessoas dos grupos prioritários, na 1.ª fase da vacinação, que arrancou no passado dia 8 de fevereiro.

O grupo prioritário inclui os profissionais de saúde diretamente envolvidos na prestação de cuidados a doentes, funcionários e utentes de lares de idosos e da rede nacional de cuidados continuados integrados, assim como elementos das forças armadas, das forças de segurança, de serviços críticos e titulares de órgãos de soberania e altas entidades públicas.


[notícia atualizada]