Portugal regista mais 218 mortes e 10.455 casos de infeção

O boletim epidemiológico da DGS revela também que estão internadas 5.291 pessoas, mais 126 do que na segunda-feira, das quais 670 em unidades de cuidados intensivos, ou seja, mais seis, dois valores que são novos máximos.

Portugal registou mais 149 mortes associadas à Covid-19 e 2.854 novos contágios

Portugal contabilizou hoje 218 mortes, um novo máximo de óbitos em 24 horas, relacionados com a covid-19, e 10.455 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Norte contabilizou, 261.287 casos de infeção (mais 2.970 ) e 3.811 óbitos confirmados (mais 51). No Centro  registaram-se já 76.173 infeções (mais 1.605 em 24 horas) e 1.495 vítimas mortais (mais 55).

Lisboa e Vale do Tejo registou o maior aumento no número de novos casos (mais 5.012), somando um total de 191.718 infeções desde o início da pandemia. Óbitos são já 3.332, com (mais 88) óbitos nas últimas 24 horas.

Alentejo tem um total de 18.989 casos (mais 531) e 431 mortes (mais 17 em relação a ontem). Segue-se o Algarve, com 12.897 casos já confirmados (mais 198) e um total de 127 óbitos (mais cinco).

Nas Regiões Autónomas, nos Açores, há registo de (mais 39 casos de infeção e 22 vítimas mortais. Na Madeira, há o registo de mais 100 casos de infeção nas últimas 24 horas, aumentando o total para 2.844. Nas últimas 24 horas foram registadas 28 mortes.

Quanto aos internamentos hospitalares, o boletim epidemiológico da DGS revela que estão internados 5.291 doentes, mais 126 em relação a segunda-feira, das quais 670 em cuidados intensivos, mais 6.

As autoridades de saúde têm sob vigilância 174.355 contactos, mais 8.120 relativamente a ontem.

O boletim revela ainda que foram dados como recuperados mais 10.282 doentes. Desde o início da pandemia em Portugal, em março, já recuperaram 421.871 pessoas.