Assembleia de República / Parlamento | arquivo

O Parlamento aprovou o Estado de Emergência com o voto a favor do PS, PSD, a deputada não inscrita Cristina Rodrigues, abstenções do BE, PAN, CDS e votos contra do PCP, Verdes, Chega, IL e Joacine Katar Moreira.

BE, CDS-PP e PAN abstiveram-se, enquanto a deputada não inscrita Cristina Rodrigues votou a favor.

Em relação à votação de há quinze dias, mudaram de posição o CDS-PP – até agora sempre tinha votado a favor – e o Chega, que votou a favor na primeira declaração do estado de emergência, em março, e se absteve nas restantes, ‘estreando-se’ hoje no voto contra.

O atual período de estado de emergência começou às 00h00 no passado dia 09 e termina às 23h59 da próxima segunda-feira, 23 de novembro e o próximo, que deverá ser hoje decretado pelo Presidente da República, vai decorrer entre 24 de novembro e 08 de dezembro.

Recorde-se, o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, anunciou na quinta-feira que iria propor ao parlamento renovar a declaração do Estado de Emergência em Portugal por mais 15 dias, de 24 de novembro até 08 de dezembro, para permitir medidas de contenção da pandemia de covid-19.

[em atualização]

Siga em direto:
https://www.facebook.com/canalparlamento/videos/381395739851299