Portugal regista mais 13 mortos e 2153 infetados

Portugal regista mais 13 mortos e 2.153 casos de infeção relacionados com a pandemia de covid-19, indicou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Ação de sensibilização e distribuição de máscaras, e, São Marcos, no concelho de Sintra ! foto: arquivo

Portugal regista este sábado 2.162 mortes associadas à Covid-19, mais 13 do que na sexta-feira, e 98.055 infetados, um acréscimo de 2.153 casos, indica o boletim epidemiológico divulgado pela DGS.

Hoje destaque também para um grande número de pessoas dadas como recuperadas: mais 1.853 do que na sexta-feira. É o número diário mais alto desde 24 de maio, dia em que foram registados 9.844 casos de recuperação.

Em vigilância, permanecem 52.543 contactos, mais 759 do que nos dados revelados na sexta-feira.

De acordo com o último boletim, hoje divulgado, desde o início da pandemia Portugal contabilizou 98.055 casos confirmados e 2.162 óbitos.

Por regiões

Do número de novos casos e de óbitos divulgados neste sábado, o Norte é a região mais afetada: tem mais 1.124 infeções pelo novo coronavírus e mais seis mortes.

Segue-se a região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT), com mais 781 infeções e cinco óbitos, o Algarve (mais 47 casos e uma morte) e o Alentejo (46 novos casos e uma morte).

A região Centro não registou qualquer aumento nas últimas 24 horas.

Nas regiões autónomas, os Açores registaram sete novos casos e a Madeira três. Nenhum dos arquipélagos têm mais óbitos associados ao novo coronavírus.

A faixa etária entre os 20 e os 29 anos continua a ser a que mais novos casos regista: 411 desde o último boletim. São mulheres a maioria dos infetados (tendência que se tem mantido).