“Alex” com frio, chuva e vento

TEMPO | Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) revela que Centro e Norte deverão ser as regiões mais afetadas pela passagem da tempestade da depressão "Alex" em Portugal, prevista para as 22h00 desta quinta-feira.

O regresso da chuva

OInstituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) alertou, para a entrada da depressão “Alex” em Portugal, a partir desta quinta-feira, sobretudo no Centro e Norte do país.

Em comunicado, o IPMA explica que o fenómeno meteorológico, que possui “um cavamento explosivo”, tem entrada em Portugal prevista para as 22h00 desta quinta-feira e deverá permanecer até ao final de sexta-feira. Os efeitos manifestam-se sobretudo através de rajadas de vento até aos 75 Km/h junto ao litoral e até 110 km/h nas terras altas.

A partir do final da tarde desta quinta-feira, espera-se precipitação intensa nas regiões a norte do sistema montanhoso Montejunto-Estrela.

Na sexta-feira, prevê-se, também, uma descida de temperatura, em especial da máxima: irá variar entre 12 e 18 graus celsius nas regiões a norte do vale do Tejo e entre 18 e 25 graus a sul.

“Espera-se um aumento significativo da agitação marítima na costa ocidental, em particular entre o início da manhã de sexta-feira, dia 2 e a madrugada de domingo, dia 3, em especial a norte com cabo Raso, com ondas que podem atingir entre 4 a 5 metros”, acrescenta o IPMA.