Homem detido em Cascais por atear fogo

Polícia Judiciária (PJ) deteve esta semana um homem, de 47 anos, por fortes indícios da prática de um crime de incêndio florestal, em Alcabideche, Cascais.

Polícia Judiciária (PJ) - arquivo

Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem, de 47 anos, por fortes indícios da prática de um crime de incêndio florestal, em Alcabideche, no concelho de Cascais.

Segundo a PJ, o detido, que vive sozinho, não trabalha nem tem família em Portugal, “sem motivo aparente, ateou fogo a uma área de vegetação, composta por pasto, mato, arbustos e árvores, numa zona vizinha de um bairro habitacional e algumas casas isoladas, tendo criado perigo para todo esse património e para os seus residentes”.

Em nota enviada à imprensa, os inspetores adiantam que o incêndio consumiu cerca de 2000 metros quadrados e só não foi mais grave devido a intervenção rápida dos bombeiros.

O detido já foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo ficado sujeito à medida de coação processual de prisão preventiva.