Jovem detido por suspeita de matar colega de curso

Polícia Judiciária (PJ) prendeu hoje um jovem de 25 anos por suspeita de matar uma colega de curso da faculdade, em Lisboa.

Polícia Judiciária (PJ) - arquivo

A Polícia Judiciária (PJ) prendeu hoje um jovem de 25 anos por suspeita de matar uma colega de curso na faculdade, com 23 anos, e esconder o corpo da vítima. Em causa, estará uma relação obsessiva, avança pela TVI24.

Algumas horas depois, já noite, o estudante universitário, do curso de Psicologia, levou os inspetores à localização do corpo e foi detido por crimes de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Mas, as autoridades não terão encontrado o corpo, cujo homicídio terá acontecido no dia 22 de maio, segundo a PJ.

Em declarações à CMTV, o avô da jovem diz que a neta era perseguida pelo colega de curso e que vivia para os estudos. “Era uma aluna brilhante. Estava a fazer o Mestrado em Psicologia para depois voltar para o Conservatório, pois queria ser pianista”.

O suspeito, interrogado e confrontado com vestígios e outros indícios já apurados pelas autoridades, acabou por confessar o crime.

Recorde-se, a jovem foi dada como desaparecida pela família, numa esquadra da PSP. O caso transitou depois para a secção de homicídios da diretoria de Lisboa, na sexta-feira, 22 de maio, tendo o suspeito sido identificado como o principal suspeito.