Há mais 28 mortes por coronavírus em Portugal

CORONAVÍRUS |Nas últimas 24 horas morreram, em Portugal, mais 28 pessoas vítimas da Covid-19, fazendo agora um total de óbitos de 657, desde o início da pandemia. ACOMPANHE EM DIRETO a Conferência de Imprensa

Coronavírus

A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta sexta-feira a existência de 657 mortos e 19 022 casos de covid-19 em Portugal, segundo dados divulgados esta sexta-feira no boletim epidemiológico. em 24 horas, morreram (+28) pessoas com o novo coronavírus e há registo de mais 181 infetados.

O número de óbitos subiu, de ontem para hoje, de 629 para 657, (+28), enquanto o número de infetados aumentou de 18.841 para 19.022, (+181), o que representa um aumento de 0,9%.

O número de casos recuperados subiu de 493 para 519.

Há 1.302 doentes internados, (-18) em relação a ontem. Há 222 pessoas nas Unidades de Cuidados Intensivos, (-7) do que na quinta-feira.

No Relatório de Situação divulgado esta sexta-feira, contabiliza desde 1 de janeiro, um total de 158.940 casos suspeitos, dos quais 4.805 aguardam os resultados das análises e 135.113 testes que deram negativo.

A região Norte é a que regista o maior número de mortos (377), seguida pelo Centro (148), pela região de Lisboa e Vale Tejo (119) e pelo Algarve, com nove vítimas mortais. O boletim regista ainda quatro óbitos nos Açores.

Número total de óbitos:

  • 3 homens e 5 mulheres entre os 40 e os 49 anos
  • 13 homens e 5 mulheres entre os 50 e os 59 anos;
  • 42 homens e 19 mulheres entre os 60 e os 69 anos;
  • 83 homens e 54 mulheres entre os 70 e os 79 anos;
  • 193 homens e 240 mulheres com mais de 80 anos.

[em atualização]

EM DIRETO Conferência de Imprensa diária da Direção-Geral da Saúde
– António Sales, secretário de Estado da Saúde
– Graça Freitas, diretora Geral de Saúde

Conferência de imprensa COVID-19

Conferência de imprensa COVID-19 | Acompanhe em direto #DGS #Saúde #SNS

Posted by Direção-Geral da Saúde on Friday, 17 April 2020

A taxa de letalidade global por Covid-19 em Portugal é de 3,5%. Já acima dos 70 anos a taxa é de 12,4%, António Sales

Por dia, são feitos mais de 11 mil testes por dia que não se refletem num aumento proporcional dos casos positivos, sublinha António Sales

“Vamos receber 5.000 testes novos de biologia molecular, que permitem resultados em 45 minutos a uma hora e devem ser usados, preferencialmente, em ambiente hospitalar em casos de urgência, pré-cirurgia ou tratamentos no âmbito da oncologia”, António Sales

“Neste momento, 65 ventiladores da encomenda de 500 já se encontram na embaixada de Portugal em Pequim” e devem chegar ao país no final da próxima semana

Este é o caminho que temos de continuar a percorrer, porque infelizmente não há atalhos”, António Sales

“Vamos ter que balançar, voltar à normalidade possível, mas terá que ser executada com outro tipo de rotinas, outras práticas que são medidas de prevenção do contágio”, Graça Freitas


Caracterização Demográfica dos Casos Confirmados:

É a mais baixa percentagem de novos casos do surto, o número de óbitos desce, há redução de internamentos e cuidados intensivos. Os dados desta sexta-feira mostram as curvas portuguesas a descer.

Segundo o boletim epidemiológico, a distribuição dos casos faz-se da seguinte forma: a região Norte tem 377 mortos e 11324 casos; a região Centro contabiliza 148 mortes e 2778 casos; já na região de Lisboa e Vale do Tejo são 119 as mortes registadas e 4302 pessoas infetadas; a região do Alentejo continua sem registar mortes e conta com 158 casos; a região sul, do Algarve, contabiliza nove vítimas mortais e 305 casos de Covid-19. O boletim regista ainda quatro óbitos nos Açores e 102 casos positivos de infeção. Já na Madeira não há registo de mortes, e o balanço desta quinta-feira contabiliza 53 casos.

Lisboa volta a ser o concelho no País com mais casos confirmados, são já 1020 (+24), seguindo-se o Porto com 1017 (+29); Vila Nova de Gaia (972); Matosinhos (845), Braga (798), Gondomar (797), Maia (714), Valongo (562), Ovar (498), Sintra (463), Coimbra (345), Santa Maria da Feira (311), Cascais (280), Guimarães (277), Vila Nova de Famalicão (250), Loures (240), Aveiro (232), Amadora (220) e Santo Tirso (215). 

Alguns concelhos na região de Lisboa: Sintra 463 (+26); Cascais 280 (+5); Amadora 220 (+15); Oeiras 186 (+4); Odivelas 154 (+2); Mafra 64 (+5).