O Governo nomeou cinco secretários de Estado, para atuar de forma mais expedita ao nível das necessidades locais, durante o tempo de execução do Estado de Emergência, no país.

A decisão de recuperar um representante local do governo surge no âmbito do segundo decreto que estabelece o estado de emergência em Portugal até 17 de abril, adianta o Jornal de Notícias (JN).

Os cinco secretários de Estado, acumulam funções com as pastas que já detêm:

Norte: Eduardo Pinheiro, secretário de Estado da Mobilidade
Centro: João Paulo Rebelo, secretário de Estado da Juventude e Desporto
Lisboa e Vale do Tejo: Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares
Alentejo: Jorge Seguro Sanches, secretário de Estado Adjunto e da Defesa
Algarve: José Apolinário, secretário de Estado das Pescas