PJ deteve autores de assaltos a carrinhas de valores em Sintra

    PJ | A investigação iniciada em 2019, resultou na detenção de seis homens, indiciados por diversos assaltos à mão armada a carrinhas de transportes de valores ocorridos em Sintra.

    A Polícia Judiciária (PJ), através da Unidade Nacional Contra Terrorismo, no âmbito de investigação iniciada em 2019 deteve seis homens, indiciados por diversos assaltos à mão armada a carrinhas de transportes de valores ocorridos em Sintra.

    Em comunicado divulgado esta quarta-feira, a PJ sublinha que a operação, titulada pelo Ministério Público de Sintra, decorreu em várias localidades da Margem Sul de Lisboa, “visando dar cumprimento a 15 Mandados de Busca domiciliária e a seis Mandados de Detenção fora de flagrante delito”.

    “Esta operação, que envolveu a participação de cerca de largas dezenas de operacionais da Polícia Judiciária, destinou-se a desmantelar um grupo criminoso dedicado à prática de crimes violentos de roubo à mão armada, nomeadamente a transportadores de valores, ocorridos na Comarca de Sintra. Foi igualmente possível deter em flagrante delito um indivíduo, pela posse de duas armas de fogo”.

    Os arguidos, com idades entre os 22 e os 25 anos encontram-se indiciados pela prática de crimes de roubo qualificado, de ofensas à integridade física qualificada, de associação criminosa, de branqueamento de capitais e de detenção de armas proibidas.

    Os arguidos serão agora presentes a Tribunal para efeito de sujeição a primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação.