Assembleia Municipal de Sintra homenageou José Mário Branco

SENTIDO PESAR | "profunda consternação" pela morte do "cidadão exemplarmente empenhado" que foi José Mário Branco.

Palácio Valenças, na Vila de Sintra

A Assembleia Municipal de Sintra (AMS) aprovou esta quinta-feira, 21 de novembro, um voto manifestando “profunda consternação” pela morte do “cidadão exemplarmente empenhado” que foi José Mário Branco e exprimir aos seus familiares e amigos o seu “sentido pesar”.

Cantor, compositor, arranjador e estudioso da música portuguesa, José Mário Branco está por trás do melhor que se ouviu e cantou no nosso país nos últimos 50 anos, sendo “uma referência incontornável na cultura portuguesa”.

Foi também activista de várias causas, tendo-se mantido envolvido em movimentos sociais e políticos desde tenra juventude.

A proposta apresentada pelo Bloco de Esquerda (BE), “partido que José Mário Branco fundou e de que se afastou sem mágoa, mantendo colaborações e cumplicidades com a sua estrutura ao longo da última década”, destaca o BE em nota enviada à imprensa.