Bebé nasce em casa com ajuda dos Bombeiros de Agualva-Cacém

Ana Assis e a Cátia Graça, não vacilaram por um segundo e foi com toda a coragem e empenho, que ajudaram uma mãe a dar as boas vindas ao bebé, que nasceu em casa.

No final, uma selfye para mais tarde recordar ao lado das corajosas "parteiras à força", Ana Assis e Cátia Graça

Ana Assis e Cátia Graça, operacionais da corporação de Bombeiros Voluntários da Cidade de Agualva-Cacém, foram surpreendidas esta sexta-feira à tarde, com o nascimento de um bebé, que “resolveu” nascer à “pressa” e em casa.

As “parteiras ao domicílio”, respondiam a uma chamada de urgência às 18h15, mas quando chegaram a casa de uma mãe aflita e já em trabalho de parto, a urgência transformou-se em emergência, não restando outra alternativa senão ajudar a nascer o bebé, eram 18h32.

Não se sabem dos motivos para tanta pressa em nascer, mas a verdade é que a Ana Assis e a Cátia Graça, não vacilaram por um segundo e foi com toda a coragem e empenho, que ajudaram a mãe Lislave Cibel Duarte, de 21 anos a dar as boas vindas a um rapaz saudável, que nasceu em Agualva, tal como antigamente.

Certamente muito feliz e orgulhosa, mas também muito cansada, a mãe ainda teve força para uma selfye merecida, ao lado das corajosas “parteiras à força”, Ana Assis e Cátia Graça, que só podem merecer palavras de estima e elogio, mas também de orgulho por integrar a corporação de bombeiros da Cidade de Agualva-Cacém, a poucos dias dos 88 anos de atividade.

Parabéns!