Emoção no adeus à imagem Peregrina de Nossa Sra da Fátima

Devoção, fé e amor, na despedida da Imagem de Nossa Senhora de Fátima, em Algueirão Mem Martins, numa cerimónia simples mais plena de emoção, que não deixou ninguém indiferente.

Missa presidida pelo Cardeal Patriarca, D. Manuel Clemente e pelo padre Manuel Marques da Silva, Pároco da Paróquia de São José de Algueirão - Mem Martins - Mercês | Foto: Paróquia de São José do Algueirão – Mem Martins – Mercês

Algueirão Mem Martins despediu-se esta sexta-feira, 1 de novembro, da Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, com uma missa presidida pelo Cardeal Patriarca, D. Manuel Clemente e que contou também com a presença do padre Manuel Marques da Silva, Pároco da Paróquia de São José de Algueirão – Mem Martins – Mercês, de entidades oficiais e os representantes das forças vivas da freguesia e muitos fiéis.

O pavilhão desportivo da Escola Ferreira de Castro, em Ouressa, em Mem Martins, até pareceu pequeno para albergar todos aqueles que quiseram despedir-se da Imagem Peregrina, precisamente no dia em que a Igreja celebra anualmente a solenidade litúrgica de “Todos os Santos”, na qual lembra conjuntamente “os eleitos que se encontram na glória de Deus”, tenham ou não sido canonizados oficialmente.

Devoção, fé e amor, foram palavras sentidas em silêncio ou num olhar distante de muitos dos fiéis que quiseram marcar a sua presença na missa de despedida da Imagem de Nossa Senhora, cerimónia que não deixou ninguém indiferente, sobretudo na hora da despedida da Imagem de Nossa Senhora de Fátima, na freguesia de Algueirão Mem Martins, mas também do concelho de Sintra.

A primeira Imagem Peregrina de Nossa Senhora de Fátima, feita segundo indicações da Irmã Lúcia e foi oferecida pelo bispo de Leiria e coroada solenemente pelo arcebispo de Évora, em 13 de maio de 1947. A partir dessa data, a Imagem percorreu, por diversas vezes, o mundo inteiro, levando consigo uma mensagem de paz e amor.

Depois de mais de meio século de peregrinação, em que a Imagem visitou 64 países dos vários continentes, alguns deles por diversas vezes, a Reitoria do Santuário de Fátima entendeu que ela não deveria sair mais, a não ser por alguma circunstância extraordinária.

Para dar resposta aos imensos pedidos provenientes de todo o mundo e de Portugal, foram feitas várias réplicas da primeira Imagem Peregrina, num total de treze.

Foi uma dessa imagens que esteve entre nós, na Igreja Paroquial de Algueirão, desde o dia 12 de outubro, até ao dia 1 de novembro. Voltará no próximo ano!

Imagem de Nossa Senhora de Fátima, em procissão pelas ruas do Algueirão | Foto: Ana Rodrigues – Sintra Notícias