Homem detido por rapto, violação e roubo de massagista em Sintra

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Polícia Judiciária

Um homem, de 39 anos, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por fortes indícios da prática de crimes de violação, rapto e roubo em Sintra, crimes ocorridos no dia 19 de outubro.

De acordo com um comunicado da PJ, a vítima é uma massagista de 25 anos. A mulher foi contactada pelo suspeito através das redes sociais, “no sentido de agendar um serviço”.

“A vítima deslocou-se para o local previamente acordado e aí foi manietada pelo autor que a levou, contra a sua vontade e sob ameaças de morte, para uma zona de mato onde consumou a violação e, de seguida, a roubou”, dá conta o comunicado.

O homem acabou por fugir e deixou a vítima no local. A mulher “conseguiu pedir ajuda num bairro residencial próximo” e foi encaminhada para o hospital.

Segundo a PJ, “tem conhecimento que poderão existir outras mulheres que terão sido vítimas de factos semelhantes, praticados pelo mesmo autor, pelo que está a desenvolver diligências no sentido de identificar essas eventuais situações”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.