“Quanto mais se refunda, mais se afunda”

Frase do Dia

José Ribeiro e Castro, ex-dirigente do CDS, considerou que o partido deve apostar num “recomeço”, mais do que numa “refundação”.

Em reação ás declarações prestadas à Lusa pelo ex-deputado centrista Filipe Lobo d’Ávila – que confessou estar a refletir sobre a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS e que defendeu a refundação do partido – Ribeiro e Castro admitiu ’embirrar’ com a palavra “refundação”, apesar de compreender “o que o Filipe Lobo d’Avila quer dizer”. 

“De muitas ‘refundações’ que já ouvi, nunca vi uma que resultasse. Quanto mais se refunda, mais se afunda“, começou por referir o ex-líder partidário através do Facebook.

Ribeiro e Castro propõe que o partido ambicione o começo de um novo capítulo. “Gosto mais da palavra ‘recomeço’: recomeçar pianinho, pianinho, os pés bem assentes na terra, com humildade e propósito. É o comum nas más situações da vida de qualquer um: quem cai, levanta-se. E, bem analisada e compreendida a queda, faz-se outra vez ao caminho”, justificou.